Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dias de Outono

E os outros também

Dias de Outono

"Um número que magoa" - Aproveitando a moda das petições...

31.01.23 | Maria Soares

 

Chega quer ouvir Carlos Moedas sobre ajuste direto do altar-palco da  Jornada Mundial da Juventude - Política - Correio da Manhã

 

Posso fazer uma, que peça a urgente anexação de Portugal a Espanha?

 

  1.  Espanha tem gasolina mais barata;
  2. Os impostos mais baratos;
  3. Vai aumentar o ordenado mínimo;
  4. Fez as Jornadas Mundiais da Juventude mais baratas da história a custo zero para os contribuintes;
  5. Os árbitros espanhóis vão ao Mundial e a outras competições.

 

Estas são algumas razões que me recordo, mas há outras seguramente. A língua também não é problema, é já aqui ao lado...
Já agora: costuma falar-se muito dos três "f's". Futebol, Fado e Fátima. Falando em futebol e nos Estádios que se fizeram no "europeu", não podia fazer-se uma distribuição do evento pelo Santuário de Fátima e aproveitar um, ou mais Estádios, que os há bem bonitos e em cidades próximas, para receber também esta festa religiosa?
Olha... faziam como os Congressos dos Jeová que realizam esses Congressos há mais de cem anos e aquilo, quando acontece, também arrasta milhões de todo o Mundo.
E se o Moedas falasse com eles... vai-se ver, a coisa ficava mais em conta.

 

 

Carnaval Antecipado

31.01.23 | Maria Soares

 

Greve dos professores: Sindicato fala em 100% de adesão – DW – 23/11/2022

 

Uma das muitas, muitas coisas que os professores se queixam, além de se acharem acima de cumprir serviços mínimos, é de algo que acontece noutras profissões tão, ou mais exigentes que a deles. O "Burnout".
Ao acendermos a televisão diariamente, ver e ouvir este pandemónio sucessivo ao longo do dia, em entrevistas, declarações, palhaçada, gritaria, disparate, também conduz qualquer um à exaustão emocional. À sensação de sobrecarga e desgaste, pelo excesso de barulho e despropósito, que já ultrapassa os limites do aceitável.

Estará a contribuir para que muitos, não só optem por transferir os seus filhos para o privado, como ao abrirem a televisão, desligarem-na imediatamente! Porque não há canal que não "cubra" estes desfiles! Que criam/adensam nas pessoas inevitavelmente, como o desenrolar do tempo, apatia.
A alienação pelo tema professores/educação/injustiça, pelo farto que se está desta lengalenga quotidiana. Conduzindo o simples cidadão/pai/educador, igualmente à frustração, revolta, tédio.
Sentirmo-nos mal recompensados pelo nosso trabalho, irritados, ansiosos, deprimidos, não é apanágio dos Professores. É comum a todo o trabalhador português ou estrangeiro!
O que faz com que artigos destes, se leiam com uma profunda satisfação/gratidão e se tornem uma lufada de ar fresco, para todos que se sentem fartos deste sufoco diário.
Que alguém, da classe, a professora Gracinda, por exemplo, ainda mantenha o bom senso. A sobriedade/disciplina que quem ensina, porque dá o exemplo, deve ter.
Isto, meus senhores/as, não é exemplo para ninguém! Não serve a alunos, pais, à sociedade em geral.
Nem a vocês que se ridicularizam e tornam, por excesso, a vossa luta vulgar. Falo por mim, mas creio que por vários, a professora Gracinda incluída. Já deito luta de professores pelos olhos!



 

Goblin Valley State Park

30.01.23 | Maria Soares

 

Goblin Valley State Park area - Photo Essay - danandholly.com

Goblin Valley State Park

Goblin Valley at Night | Goblin Valley State Park, Utah, at … | Flickr

O parque localiza-se a cerca de 32,19 km da cidade de Hanksville no flanco sul de San Rafael Swell, na região topográfica mais diversificada e interessante de Utah. A Estação de Pesquisa do Deserto de Marte, localizada a alguns quilómetros ao sul do Vale Goblin, determinou que este é o melhor local para suas pesquisas e estudos de campo que simulam uma missão a Marte.

The otherworldly landscape of Goblin Valley State Park, Utah - Unusual  Places

Preços/entrada, horários,
contactos

Strange Hoodoos of Goblin Valley State Park, Utah - Charismatic Planet

Ao longo dos anos,  Goblin Valley tornou-se um parque favorito para visitar em família, permitindo aos visitantes escalar goblins e hoodoos de rocha. É um lugar onde se pode deixar a imaginação solta vendo nas imagens, personagens de desenhos animados, animais exóticos e até mesmo o E.T. nas formações rochosas. 

Goblin Valley State Park Utah: Hikes, Things to Do and Directions

Don't Miss Goblin Valley State Park, Utah (it's worth it)

E há outro género de crianças que brincam com igual prazer, mas pouca originalidade

I went to Goblin Valley State Park and all I got was this lousy picture. :  r/CampingandHiking

O parque foi descoberto por Cowboys na busca de gado que pela primeira vez, entraram na isolada bacia do Goblin Valley. Originalmente foi chamado de Mushroom Valley por Art Chaffin, proprietário da Hite Ferry no rio Colorado. O nome do parque foi posteriormente alterado para Goblin Valley quando foi adquirido pelo estado de Utah e designado como parque estatal em 1964. 

The Three Sisters

Goblin Valley State Park Tour | Shaka Guide: Self-Guided Audio Tours

Aulas de Yoga no Goblin Valley


A topografia do vale Goblin é composta principalmente de Entrada Sandstone, uma rocha mais dura, o principal agente na formação dos goblins, quando camadas mais suaves de arenito, lama e lodo sofrem a erosão do vento e da água. A fractura, quando o gelo se forma nas fissuras expande-se e quebra grandes pedaços das rochas que aumentam as suas formas e tamanhos incomuns. A bacia principal é desprovida de vegetação, dando à sua paisagem uma associação com a paisagem alienígena.

Goblin's Lair

Tips on Goblin Valley State Park — Explore More Nature

 O Covil do Goblin localiza-se na parte de trás da bacia principal. No sopé do alto cume rochoso, está o Goblin's Lair, uma caverna com cerca de 21 metros de profundidade, a qual é tecnicamente um desfiladeiro desmoronado. Uma pequena abertura localizada-se na parte superior, permitindo aos visitantes fazer um rapel livre até o fundo.
O rapel em Goblin's Lair requer uma licença que pode ser obtida “online” ou no centro de visitantes do parque. Os serviços guiados são oferecidos pelos guias Get in the Wild

Goblin's Lair - Goblin Valley State Park - Canyoneering

Chamber of the Basilisk

Basilisk's Chamber at Goblin's Lair - Goblin Valley, Utah | Flickr

Informação de Viagem

Straight passageway: Goblin Valley State Park, Utah

Os pores-do-sol no Parque são fantásticos. Embora nunca se saiba exactamente onde o brilho e o espectáculo da luz será mais forte, então é melhor escolher um goblin isolado dos outros e, em seguida, escolher três a quatro ângulos diferentes que provavelmente funcionarão, quando tirar a fotografia, dependendo onde as nuvens se iluminam, quando começa a entardecer e depois, a noite se instala.

Goblin Valley at Night | Goblin Valley State Park, Utah, at … | Flickr

Acampar

 Primavera e o Outono, são as melhores épocas para visitar. 

Valley of the Goblins
Os nasceres do sol são igualmente majestosos. Preferencialmente, escolha alguns goblins diferentes nas proximidades e prepare-se para subir se o seu primeiro local escolhido não funcionar. Pode ter certeza que vai obter uma foto mágica.

 

Sítios a visitar e coisas a fazer no Parque


Visit Little Wild Horse Canyon
• Take in views at Goblin Overlook
• Discover ancient history at Temple Mountain Wash Pictograph Panel
• Hike at Wild Horse Window Trail
• Marvel at hoodoos at The Three Sisters

 

 

VENDILHÕES DO TEMPLO E O FAUSTO ESCUSADO

30.01.23 | Maria Soares

 

 

JMJ 2023: Organização lança projeto de catequeses «Rise UP» rumo à edição  de Lisboa - Agência ECCLESIA

 

É reconfortante perceber que há quem pense como eu. Que não sou a rezingona crónica, que apenas "deita abaixo" sem nexo, ou pela vontade de maldizer. Fico contente por sentir que não estou errada.


Não é isso que está em causa. O problema é a fala de transparência. O fausto escusado. O próprio Papa Francisco, frugal e avesso à ostentação, há de sentir-se incomodado. E Cristo, se descesse à Terra, viria munido do seu chicote para voltar a expulsar os vendilhões do templo”, afirma. 
Opinião Olho vivo, Visão

 

 

Ver a cara deste homem revolta-me.

29.01.23 | Maria Soares

 

André Pestana, o líder do pequeno sindicato que move a contestação dos  professores, passou pela JCP, pelo Bloco e pelo MAS – Observador

 

Pronto!  Lá estás tu a querer atenção. A escrever duas publicações no mesmo dia. A tentar enganar a Equipa e passar por cima dos outros. Por-te em bicos de pés e se não chegas lá, a usar elásticos nas orelhas para te puxarem para cima. Até chegares... onde? Ganhares... o quê?
Há aquelas pessoas muito engraçadas que tudo o que dizem tem graça, mas quando o passam escrito... oh, pá! Nem queiram saber. É de tirar o fôlego. Ficar com dores de burro de tanto rir e magicar: por que raios não nos abençoaram com este dom?
Depois há aquelas pessoas que não seguimos. Não lemos. Não nos interessa nada, absolutamente nada, do que escrevem, nem fazem. Se durante um ano se entra, lá, é a muito custo! Porque o interesse continua nenhum! Mas a conversa vem na nossa direcção e o intuito é o de sempre... é caso para deitar um foguete. Mas... creem que nos metem confusão. Que nos lembramos que existem. Mesmo quando não usam elásticos nas orelhas para chegar lá... (onde e ganhar o quê?) mas chegam, porque já é hábito.
A seguir há este homem que já não posso ver à frente e comparo a André Ventura. Saber o porquê não requer exame de admissão. Nem desfilar na avenida ainda o Carnaval vem longe, mas já parece ter-se instalado! Não só nas avenidas da cidade, mas nas ruas, travessas e praças do país inteiro.
O Senhor causa-me engulhos. Como o facto de estes elementos considerarem estar acima de médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar e administrativo de qualquer Hospital. Polícias, bombeiros e demais trabalhadores, cuja profissão obriga, a que o seu local de trabalho nunca fique "desfalcado".
Dizia alguém que, uma mãe, em entrevista, se isto fosse num Centro de Saúde, ou Hospital, todos se indignavam! Já teriam havido medidas à altura, mas... pronto!
Como começo, acabo. Ou... não sei se fique por aqui. Se estou a "prevaricar", olha... já que está... deixa estar!
Aproveito para dizer que, não sabia, fiquei a saber recentemente. Mas por acaso; só por acaso, frise-se, acho muito bem! Concordo a 200% com a determinação de que, só uma publicação diária, daqueles que "passam a vida a escrever" porque são uns infelizes/tristonhos/solitários, sem vida própria, melhor para fazer, casa e filhos para cuidar, apareça na listagem de coisas escritas hoje. Ou sei, lá onde... se quisesse saber. Importasse-me e escrevesse, para…  
A sério! Este homem complica-me com o sistema nervoso. A vós, não?

 

 

 

 

"Não foi fácil derrotar o Sporting"

29.01.23 | Maria Soares

 

Novo campeão de inverno ou Sporting levantará de novo a Taça da Liga? -  Taça da Liga - SAPO Desporto

"Não foi fácil derrotar o Sporting" - Sérgio Conceição

Mas com uma ajudinha, nada é impossível!


Não! Não vou falar do jogo de ontem. Da conquista da taça que o Porto perseguia. Deixem-me apenas juntar o meu aplauso ao de Paulinho e, com sinceridade acrescentar, que "alguma vez teria de ser". O Porto "quebrar a maldição", fazer o pleno e pôr na “vitrine” o troféu que faltava. Fosse o Sporting, ou não, o clube oponente. Isso, é apenas, normal. Jogo.
Não se pode ganhar sempre! Como noutras partidas, os postes ontem, jogavam no plantel adversário (mas não só). O problema não é levar a taça. Levem-na, lá!...
O busílis da questão é como se ganha. 

 

 

Os altares de Cristo eram estes....

28.01.23 | Maria Soares

 

Sombra do Onipotente: QUEM ERAM AS PESSOAS QUE SEGUIAM A JESUS?

Os altares de Jesus eram a Natureza. Os montes, os vales. O seu "púlpito", o seu "trono" eram as rochas. A sombra das árvores. O leito dos rios. Jesus nunca precisou de paramentos especiais para ensina a Palavra. Falar de fraternidade, igualdade, justiça. Por que não de direitos? Que todos somos iguais aos olhos do Pai e devê-lo-íamos ser, aos olhos do Homem. Que criou à sua imagem. 

Quem é o Rei do Reino de Deus?

Sem vaidade, inveja, sincero, humilde. De peito aberto aos outros, acolhendo um qualquer e vendo-o como o outro a amar. Fosse pobre, defeituoso, meretriz, homossexual, gentio. Os próprios que o submeteram ao suplício.  

 

Viaduto sem uso no Seixal - Correio do Leitor - Correio da Manhã

Alternativa à Estrada Nacional 10 (Almada - Seixal)



Sempre que passo por lá, ainda hoje passei, lembro-me e rezo para que nunca haja uma infelicidade, caso esta ponte, ao abandono, estacionamento de camiões, camionetas da rodoviária e, também, blocos de cimento e entulho, caia, quando vá um, ou mais carros a passar-lhe por baixo. Uma camioneta cheia de passageiros. Os muitos e muitos carros e transeuntes que passam ali. 
E ela continua lá! Ano, após ano. As ervas e arbustos já altos, quase, pequenas árvores, entranhados nos blocos de cimento, sem manutenção, nem vigia. Que... farão o seu estrago! Como as águas pluviais infiltradas. 
Se um dia esta ponte, tão necessária, para quem passa neste troço e tem que dar voltas e voltas para chegar ao destino, com aquele Elefante Branco ali, cai... nem quero pensar! 
Aconteça de noite, em que há menos trânsito, mas possa alguém numa hora, como outra, estar no local errado... ou, de dia, em que a circulação é contínua, vão-se encher manchetes de jornal! Vai ser notícia por dias, semanas! O mal será de quem... como digo nem quero pensar. Ou do que já construído, terá de refazer-se, bem como àquilo que destrua. 
Entretanto, as vidas que se perdem, não têm reconstrução possível. Esta e outras, deviam ser obras prioritária em tanto lado que delas carece, mas ninguém quer saber!

 

 

Boa noite a todos, peço-vos um bocadinho de atenção e as minhas profundas desculpas!

27.01.23 | Maria Soares

 

Teorias da Conspiração Episódio 1 - RTP Play - RTP

 

Alguém a quem considerava amigo e a quem lia regularmente com gosto e ontem incentivei a continuar a escrever e a ignorar algumas situações, que todos vivemos aqui;
Tudo, após queixar-se de diferente tratamento, acaba de fazer o reparo, deixando de fora todos os autores com vários blogues, que publicaram textos hoje, sobre a POESIA que publiquei no blogue Silêncios e um PENSAMENTO no Narrativas.
Este último devido à perseguição de alguém que sistematicamente carrega no botão de SEGUIRmas não há nenhum seguidor novo. 

Sem mais explicações e, porque não alinho em jogos de palavras, nem de bastidores, peço imensa desculpa a quem leu o meu POEMA e o PENSAMENTO. Ambos serão imediatamente retirados.
Espero que assim o Autor, em questão, não se sinta lesado. 

 

 

Quando este governo cair...

26.01.23 | Maria Soares

 

As trapalhadas do governo Costa - Delito de Opinião

 

Todos que lhe deram a maioria absoluta e nós que suportamos (todos) o custo de novas eleições poderemos alegrar-nos! Teríamos finalmente um governo íntegro. Perfeito. Acima de qualquer suspeita e incorruptível.
Somos um país riquíssimo! Esbanjar mais uns milhões, além, altares, em campanhas para mudar as moscas, mas a bosta ser a mesma, não causa nenhuma mossa!
Somos o único país com problemas. Agora não há chatice dos miúdos estarem sem aulas há tanto tempo. Não há mais classes de trabalhadores a sofrer as mesmas dificuldades, ou piores. 
Interessante... Também em Portugal estamos em guerra! Numa guerra de interesses, intrigas de comadres, fome insaciável de poder que, não olha a nada, nem ao supremo interesse da nação. 
Por que não fazer cair o governo? O tédio abocanha-nos, cada vez que se ouvem/leem notícias. Lá vem mais do mesmo! Só muda o emissor.
"Execuções" em praça pública, temo-las ao minuto. Violações da Lei, não faltam. Para acabar com a veleidade social quotidiana instalada; este "rame-rame" de conversas pouco ambiciosas; puxares de tapete constantes; centrar as pessoas na real dureza da vida e na real luta diária pela sobrevivência, numa associação muito infeliz, o que precisamos é de caírem aqui uns mísseis.
Acabavam-se as minudências num instante! Muitas das tristes figuras que alguns que ensinam, mostram, ao não saber estar. 

 

 

 

 

 

 

 

OS VENDILHÕES DO TEMPLO!

26.01.23 | Maria Soares

 

Encontre as diferenças ente: 

Este Papa...

Estou sempre convosco até ao fim dos tempos". Recorde a visita de Bento XVI  a Portugal - Renascença V+

E...

Visit to Papa Bento XVI - Multilem - Brand New Spaces

Este Papa.

Papa Francisco já tem programa para a Jornada Mundial da Juventude de  Lisboa 2023! - Rádio Campanário
"Não podemos como cidade, como país, não acolher o papa, respeitando aquilo que é a regra de um evento que nunca se fez em Portugal. Qualquer comparação de preço, qualquer comparação de custos não se consegue comparar, porque nós nunca, tivemos algo desta dimensão", afirmou Carlos Moedas.

Outros milhões que saltam à vista: as contas da Câmara de Lisboa para as  Jornadas da Juventude - SIC Notícias

Que a Igreja diz serem ambos representantes de Deus na Terra. 

 

Cuidado com o pecado do orgulho, senhor Moedas. Não queira ser mais que outros já foram, quando receberam eventos iguais. Nem ficar acima de QUEM é homenageado. Em NOME de quem todos, jovens e não jovens, se reúnem. Foi por ELE que tudo começou! Já deve ter chegado à conclusão, assim espero, que falo de Deus.
Não desconhecerá também que o Papa que vai receber
pertence a uma Ordem que hoje em dia, após muita e controversa acção no passado, tem como especial missão na Terra (com destaque para o Papa Francisco) a humildade, a ajuda aos necessitados, instrução dos pobres e coisas do género. Todos, não só senhor, sabemos o que "Francisco" pensa acerca de luxos. Desigualdades. E... coisas do género.
Logo, se não serve para concluir que esta obra megalómana é pura idiotice e uma afronta a qualquer pessoa, o Papa incluído, quando pensamos que: com metade desse dinheiro se podia fazer bem a tanta gente! Acabar, por exemplo, com os sem-abrigo nas ruas. Promessa eleitoral do nosso Presidente.
Construir-lhes e para outros, residências condignas. Auxiliar e sanar outro tipo de dificuldades, que as há, noutros campos da sociedade. E... outras coisas do género!
Creio que o Papa não ficará muito contente ao saber de sandices e de polémicas a envolver uma Festa tão bonita, que não tem em vista a vaidade de um "pateta", nem a visibilidade e "glória" de um país, cuja glória ninguém contesta e está gravada na História. Mas Francisco, como pessoa sensível, boa e inteligente que é, não se pronunciará sobre tamanha burrice.

 

  • Ah! Parece que de repente apareceu um orçamento inferior…
  • Que Marcelo, depois de "querer saber", afinal, não só ele, acha estapafúrdio.
  • Pode fazer-se ponderando melhor, uma coisa mais pequenina, como o país. E não é por isso que deixará de ser grande! 


Que chatice, senhor Moedas! E o Senhor que queria o seu nome, quiçá, gravado na placa. Elevar-se através, de Deus e do Papa, da insignificância (do homem). Ir jogar golfe, talvez, depois, para o local. Já que a "coisa" tem outros aproveitamentos.
Cuidado com as bolas que caírem ao Tejo. Só as recupera de escafandro. Não vai lá... com cana de pesca!

 

 

 

Pág. 1/4