Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dias de Outono

E os outros também

Dias de Outono

Aldeia Típica José Franco - Sobreiro - Mafra

26.09.21 | Maria Soares

 


IMG_20210926_123839.jpg


Aldeia típica José Franco


História


IMG_20210926_121917.jpg


«Deus quer, o homem sonha, a obra nasce


Fernando Pessoa


IMG_20210926_121912.jpg


A entrada é gratuita e está aberto entre as 9h30 e as 19h no verão, e as 9h30 e as 18h no inverno.


Morada: Estrada Nacional 116, 34 (Sobreiro)


IMG_20210926_121955.jpg


Esta aldeia é uma réplica das antigas oficinas, lojas, espaços, decoração da altura com objetos reais e, em simultâneo, possui uma área dedicada às crianças, repleta de miniaturas de casas e habitantes que retratavam as atividades exercidas, na altura, desde os trabalhos no campo até à reprodução da vila piscatória da Ericeira.


IMG_20210926_122026.jpg



Num pequeno Restaurante servem-se pratos típicos da região e, mais abaixo, espera-nos o delicioso e tradicionalíssimo, pão com chouriço.




 


 José Franco dedicou toda a sua vida à arte de moldar o barro. Fruto do seu amor à sua aldeia e à sua arte, construiu uma aldeia em tamanho natural, com lojas, casas todas obedecendo à arquitetura característica da região. 



IMG_20210926_122340.jpg


IMG_20210926_122347.jpg


Mobiladas no interior, com moinho, talho, azenha, ferreiro, eira, taberna, carpintaria e tudo o que existe numa aldeia deste género, para mostrar e lembrar como se vivia em Mafra quando era um concelho mais rural. Onde, como noutros lugares, existiam ofícios que foram desaparecendo com o tempo.


IMG_20210926_122357.jpg


IMG_20210926_122502.jpg



Um sítio admirável para se visitar - com as crianças também, porque muito deste "mundo" é-lhes destinado -,  se tivermos em conta o trabalho que está aqui; as horas passadas a moldar e a construir, um legado que o escultor nos transmite, para testemunharmos a sua vida e obra.



 


Tanto, mas tanto e tão bonito, num percurso sempre acompanhado pela música tradicional da zona, ou, mais adiante, o canto da água nos muitos recantos belíssimos, que fica para outra publicação. 
E tudo isto, a meia hora da margem sul. A outros tantos minutos de Lisboa e, sem dúvida, não muito fora de mão para outros destinos.