Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dias de Outono

E os outros também

Dias de Outono

Como ovelhas a tombar no precipício...

18.05.22 | Maria Soares

 

Rainha Maria - Santo Afonso de Ligório: O ofício de um bom pastor não é  outro senão guiar as suas ovelhas para bons pastos e defendê-las contra os  lobos

 

Permanecemos ovelhas! É o que a "responsabilidade individual" nos afirma. O exemplo português continuará na senda da corrida para o abismo e, com a aproximação de Festivais de Verão, Santos Populares e tudo que serve de desculpa para "aproveitar a vida" põe-nos em Maio, no topo do mapa dos países com mais casos. Ora bem!... passaram dois anos. Morreram e continuam a morrer, por dia, dezenas de pessoas. Na época da primeira vaga, os eruditos indignados desvalorizam a "coisa". Insurgiam-se contra os que comentavam os amontoados nas praias e a ligeireza com que "muitos" se comportavam; defendo do direito de assim se comportarem. O tempo veio a "dar razão" a quem a tinha. 
Vamos, dito por quem sabe, na sexta vaga! Na quarta dose de vacina. A meio da Primavera, sem haver vaticínio de no Verão isto acalmar. O Inverno vai atingir-nos como um tornado, ou pior!
Mas ninguém se importa! Nem o governo está muito preocupado. Por enquanto! Portugal é o país do "depois da casa roubada…" quando podia ter evitado o roubo! Identificado e detido o ladrão!